Por que sua voz soa tão diferente para você mesmo

Por que sua voz soa tão diferente para você mesmo

Por que sua voz soa tão diferente para você mesmo

Nenhum comentário em Por que sua voz soa tão diferente para você mesmo
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 0 Flares ×

A voz na sua cabeça é uma mentira. O que você ouve quando abre a boca é muito diferente do que as outras pessoas ouvem – e a culpa é do seu crânio. Mais precisamente, da forma como seu crânio vibra.

Sua voz emana da parte inferior da sua garganta, conforme o ar expelido pelos pulmões passa por suas cordas vocais, que vibram e geram som. Esse som então é amplificado pela sua caixa de voz, modulada por palavras na sua língua e lábios, e reverberado pela atmosfera em torno até entrar no canal auditivo do seu ouvinte para estimular seus tímpanos e estruturas do ouvido interno – que convertem então a forma de onda analógica em impulsos elétricos que o cérebro consegue entender.

No entanto, o ouvido interno não ouve só o som de fontes externas. As vibrações que emanam de dentro do seu corpo podem ativar essas estruturas auditivas também. Quando você fala, a rápida vibração das suas cordas vocais faz com que a sua caixa craniana também vibre.

“Quando você fala, as pregas vocais na sua garganta vibram, fazendo com que sua pele, crânio e cavidades orais também vibrem, e nós percebemos esse som,” explicou Ben Hornsby, professor de audiologia da Universidade Vanderbilt, à Popular Science.

Mas o som não atravessa os ossos com a mesma facilidade que viaja pelo ar. Essa resistência adicional faz a frequência de forma de onda cair, baixando o tom do som que você ouve internamente e criando uma espécie de efeito de feedback que estimula o tímpano de ambos os lados – isso é, os tímpanos pegam tanto estímulos externos das palavras que saem da sua boca como também a vibração do seu crânio. Esse fenômeno é intensificado pelo fato de que você não consegue ouvir sua voz diretamente. Como suas orelhas estão posicionadas atrás da sua boca (ou ao menos deveriam estar – estou falando com você, Sloth), o som que sai da sua boca precisa primeiro bater em objetos e então voltar para a sua orelha. Isso faz com que a forma de onda perca energia assim como frequência e tom, resultando em uma voz distorcida em relação ao que as pessoas ouvem saindo da sua boca. Esses dois tons – o interno e o externo – são então recombinados no seu cérebro em um único sinal de áudio que é o que você identifica como a sua voz, mas uma voz com baixo adicionado.

“Você ouve sua voz em estéreo (ar e condução óssea)”, explicou Michael Kelly, autor de Understanding the Power of Your Voice (Entendendo o poder da sua voz, em tradução livre), à Toadmasters. “Enquanto outras pessoas ouvem apenas em mono (condução do ar).” É por isso que você acha que sua voz é de um jeito mas, quando vai ouvir uma gravação feita por você mesmo, acaba se espantando e não reconhecendo quem é aquela pessoa que está falando. [Mental Floss – BBC – PopSci -Toastmasters]

Fonte:

Por: Andrew Tarantola
http://gizmodo.uol.com.br/por-que-sua-voz-soa-tao-diferente-dentro-da-sua-cabeca/

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 0 Flares ×

Deixe um comentário

Redes Sociais

Back to Top

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 0 Flares ×